setembro, 2017

listando por mês

 

#259 – The founder

THEFOUNDER_OfficialPoster.jpg

The founder (2016) – Fome de poder
roteiro: Robert D. Siegel
direção: John Lee Hancock
[2.5]

http://screenshots365.tumblr.com/post/165456161125/259-the-founder-2016-roteiro-robert-d

#252 – Baywatch

BAYWATCHPOSTER1

Baywatch (2017)
roteiro: Michael Berk
direção: Seth Gordon

http://screenshots365.tumblr.com/post/165163658835/252-baywatch-2017-roteiro-michael-berk

It: A Coisa

it-still

It (2017) – It: A coisa
roteiro: Chase Palmer, Cary Fukunaga
direção: Andy Muschietti

 

 

Já faz algum tempo que os filmes de terror são produzidos com o objetivo claro de fazer dinheiro fácil sem ter muito trabalho ou se arriscar. A maioria desses filmes lançados são massacrados pela crítica, raros são os que entendem o gênero de terror e conseguem ter um bom resultado. It: A Coisa, é, com certeza, uma exceção.

A história se passa no ano de 1984, na pacata cidade de Derry, onde crianças começam a desaparecer misteriosamente. Bill (Jaeden Lieberher), cujo irmão também desapareceu, junta seu grupo de amigos intitiluado de Clube dos Perdedores, iniciando uma investigação que levará a uma assustadora aventura, trazendo à tona seus piores medos e, consequentemente, Pennywise, O Palhaço Dançarino (Bill Skarsgård). Andy Muschietti dirige este que é seu segundo longa. Ele mistura elementos de aventura, comédia e terror de um modo que o espectador não fique cansado ou entediado por alguns acontecimentos.

Leia mais »

Doidas e santas

doidas-santas-still

Doidas e santas (2016)
roteiro e direção: Paulo Thiago

(resenha publicada originalmente no Vórtex Cultural, em 27/08/2017)

 

O filme conta a história de Beatriz Lira, uma psicanalista de sucesso, terapeuta de casais, com vários livros publicados sobre o assunto, que se vê às voltas com uma crise no relacionamento com seu marido, Orlando (Marcelo Faria). Exemplo típico de “casa de ferreiro, espeto de pau”. Ela, que passa os dias no consultório, atendendo e ajudando casais, enfrenta essa crise conjugal que a faz repensar os rumos de sua vida. Além da crise conjugal, tem de lidar com a filha adolescente, Marina (Luana Maia), a mãe que passa a morar com ela, Elda (Nicette Bruno), a irmã ausente, Berenice (Georgiana Góes).

Leia mais »